14 de dezembro de 2018
Home

fev
18

Bem direcionado, o telemarketing pode ser uma grande ferramenta de convencimento do eleitor. Foto: Divulgação.”Houve um tempo, lá pros idos de 1990, em que Telemarketing na política era uma novidade, e usá-lo podia fazer toda a diferença. Poucos candidatos podiam se dar ao luxo de tê-lo plenamente. A técnologia era cara, e era rara. Foi, por exemplo, um dos pontos altos das campanhas de Paulo Maluf naquela época.

O tempo passou, os Serviços de Atendimento ao Consumidor (SAC) se espalharam, e a coisa deixou de ser novidade. Outras tecnologias chegaram e, para muitas empresas (e campanhas), acompanhar o que as pessoas dizem sobre elas no Twitter e outras Redes Sociais é tão (às vezes, mais) importante quanto ouvi-las e conversar com elas via telefone.

Eu continuo apostando que o Telemarketing (aquele com gente de verdade conversando com o eleitor, não apenas o disparo de gravações), quando bem feito, e usado ao lado de outras tecnologias, continua sendo uma arma importante. Ajuda a focar a campanha e a espraiá-la. Traz subsídios valiosos para planejar a Comunicação.

E você, amigo leitor, amiga leitora? O que acha? Já usou, ou pretende utilizar Telemarketing este ano? Campanhas e Mandatos quer saber.

Sobre o Justino Pereira


Jornalista, fez Mestrado em Marketing Político. Atua desde 1994 como Coordenador-Geral e de Comunicação e Marketing em campanhas para prefeito, vereador, deputado estadual e federal. Foi responsável por definir e implementar estratégias vencedoras em cerca de 30 campanhas. Também trabalhou como Gestor e Consultor nas áreas de Comunicação e Marketing e Planejamento Estratégico de Governo. Foi Coordenador-Geral de Publicidade da Capital paulista e secretário de Comunicação e de Governo de Guarulhos. É autor, junto com Elói Pietá, do livro-reportagem “Pavilhão 9 – O Massacre do Carandiru” (Editora Scritta).


Comente através do Facebook:



Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /var/www/html/campanhasemandatos.com.br/web/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273