22 de agosto de 2017
Home

jan
05

JoanneMessiah
JoanneMessiah

Conferência da IAPC discute campanhas na Era Digital – Parte 3

Joanne Massiah foi a primeira mulher a assumir uma cadeira no Senado de Antígua e Barbuda, pequeno país da América Central, no Caribe, pelo Partido Unido Progressivo. Antes de se tornar senadora, ela, que é advogada de formação r já lutava em defesa das questões referentes à condição da mulher e das crianças, foi Ministra da Agricultura.

Em sua participação durante o encontro da IAPC (www.iapc.org), Associação internacional de Consultores Políticos, organização que agrega os profissionais que, no Brasil, são conhecidos como “marqueteiros”), em novembro de 2013, ela destacou as dificuldades de ser mulher (mesmo sendo uma mulher com grande formação escolar e experiência profissional) e conseguir atuar na política.

Não é fácil ser mulher na política

Creio que alguns pontos que Massiah destacou servem para a maioria dos países, não apenas para Antígua e Barbuda . Confira:

– “As mulheres encontram problemas para ter espaço e se afirmar nas máquinas partidárias, que são dominadas por homens.”

– “A religião afeta a participação política das mulheres, na medida em que a maioria das religiões não estimula o surgimento de uma voz feminina ativa.”

– “Nas eleições, a discussão de temas [importantes] não é priorizada. As eleições são muito baseadas em carisma pessoal, em personalidades”.

Certo, mas o que fazer? O que a senadora sugere como ação para ampliar o espaço das mulheres na política no país dela?“Necessitamos de medidas afirmativas, para estimular a presença de mulheres na política, como já existem em [outros países caribenhos] Jamaica, Granada e República Dominicana”, afirma Joanne Massiah.

E você, o que acha que deve ser feito para estimular a participação feminina na política?

Sobre o Justino Pereira


Jornalista, fez Mestrado em Marketing Político. Atua desde 1994 como Coordenador-Geral e de Comunicação e Marketing em campanhas para prefeito, vereador, deputado estadual e federal. Foi responsável por definir e implementar estratégias vencedoras em cerca de 30 campanhas. Também trabalhou como Gestor e Consultor nas áreas de Comunicação e Marketing e Planejamento Estratégico de Governo. Foi Coordenador-Geral de Publicidade da Capital paulista e secretário de Comunicação e de Governo de Guarulhos. É autor, junto com Elói Pietá, do livro-reportagem “Pavilhão 9 – O Massacre do Carandiru” (Editora Scritta).


Comente através do Facebook:



Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /var/www/html/campanhasemandatos.com.br/web/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273